Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Mato Grosso, 18 de Abril de 2024

Noticias

Fluminense terá “artilheiro dos mata-matas” de volta contra LDU

28 de Fevereiro de 2024 as 13h 37min

John Kennedy comemorando gol em Fluminense x Boca Juniors — Foto: Sergio Moraes/Reuters

O Fluminense terá uma peça importante para tentar desfazer a vantagem da LDU e ficar com o título da Recopa Sul-Americana. Após perder por 1 a 0 em Quito, no Equador, e com o Flu precisando de gols, o técnico Fernando Diniz terá à disposição John Kennedy, que volta ao time após cumprir suspensão no jogo de ida. O atacante, que fez o gol do título da Libertadores em 2023, vem de aproveitamento expressivo contra adversários em jogos eliminatórios.

Ao todo, John Kennedy marcou contra os últimos cinco dos seis adversários que enfrentou em jogos eliminatórios - só passou em branco na final do Mundial de Clubes, contra o Manchester City.

Mas das oitavas de final da Conmebol Libertadores até o jogo contra o time inglês, fez gols contra o Argentinos Juniors, Olimpia, Internacional, Boca Juniors e Al Ahly.

Fez gol e deu assistência contra o Argentinos Juniors nas oitavas de final. Marcou contra o Olimpia nas quartas. Deu passe e balançou a rede contra o Internacional na semi e cravou na prorrogação contra o Boca. Também entrou no segundo tempo e fez gol contra o Al Ahly.

Em dezembro do ano passado, John Kennedy deu entrevista após marcar no Mundial de Clubes e assumiu que prefere jogos decisivos. “Desde novo sempre gostei desses jogos assim, mais competitivos, mais difíceis. Carimba mais na história o nome do que em pontos corridos”.

Com John Kennedy à disposição, Fluminense e LDU decidem o campeão da Recopa Sul-Americana a partir de 20h30 desta quinta (29), no Maracanã. Por ter perdido o primeiro jogo por 1 a 0 na altitude, o Fluminense precisa repetir o placar para levar a decisão da Recopa para a prorrogação ou vencer por dois ou mais gols para ficar com o título.

POLÊMICA
ANTES DO JOGO

Escalado pela Conmebol para apitar o segundo jogo entre Fluminense e LDU pela Recopa Sul-Americana, nesta quinta-feira, Facundo Tello, 42 anos, foi criticado na Copa do Mundo de 2022 por ser permissivo com cera. O argentino ganhou destaque após a eliminação de Portugal para Marrocos nas quartas de final no Catar.

Entre os jogadores que deram entrevistas, Pepe e Bruno Fernandes usaram duras palavras ao retratar a atuação de Facundo Tello. Segundo eles, o árbitro foi permissivo com a cera dos jogadores do Marrocos, que ganhava o jogo e tentava segurar o placar. A seleção africana venceu a partida por 1 a 0.

Pepe reclamou bastante do tempo de acréscimo de oito minutos dado pela arbitragem no segundo tempo. Para o defensor, apenas os portugueses buscaram jogar na segunda etapa, e o jogo foi parado diversas vezes pelo goleiro Bono.

“Não digo que ele veio condicionado para cá, mas o que jogamos na segunda etapa? Jogamos nada. O goleiro deles sempre parando e ele deu só oito minutos de desconto. Nós trabalhamos muito sério. Não jogamos nada na segunda etapa. A única equipe que queria jogar futebol era nós de Portugal. O que podemos fazer? Estamos tristes, tínhamos qualidade para ganhar o Mundial. Infelizmente, não conseguimos”. “Não é ansiedade. É raiva. Porque não deixaram a gente jogar no segundo tempo”, completou Pepe.

Facundo Tello já apitou dois jogos do Fluminense: em 2022, na vitória por 3 a 1 sobre o Olimpia, pela pré-Libertadores, e em 2021, no triunfo sobre o Cerro Porteño por 2 a 0, no Paraguai.

Após a eliminação de Portugal nas quartas de final da Copa do Mundo, o meia Bruno Fernandes reclamou de um pênalti não marcado sobre ele no primeiro tempo contra Marrocos e reforçou as críticas portuguesas à escalação do árbitro argentino.

Tello também ficou conhecido em 2022 por distribuir 10 cartões vermelhos na final do Troféu dos Campeões da Argentina, depois que o então meio-campista do Racing, Carlos Alcaraz, provocou uma confusão na frente dos torcedores do Boca Juniors com sua comemoração do gol da vitória. Ao todo, sete cartões vermelhos foram mostrados aos jogadores do Boca e três do Racing.

Fonte: DA REPORTAGEM

Veja Mais

Afroturismo, turismo indígena e experiência pantaneira em MT

Publicado em 18 de Abril de 2024 ás 12h 52min


Sicredi registra crescimento nos principais indicadores

Publicado em 18 de Abril de 2024 ás 11h 51min


Mixto anuncia pacotão de reforços, incluindo goleiro Fernando Henrique

Publicado em 18 de Abril de 2024 ás 10h 50min


Jornal Online

Edição nº1276 18/04/2024