Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Quarta Feira, 22 de Maio de 2024

Noticias

Lei Paulo Gustavo: Prefeitura assina Termo de Execução; R$ 1,2 milhão para 36 projetos

14 de Maio de 2024 as 16h 26min

Finalmente, assinatura de contratos foi feita no início da semana – Foto: Divulgação

Na última segunda-feira (13), 36 projetos que foram contemplados pela Lei Paulo Gustavo, que fomenta a cultura e auxilia artistas e produtores independentes, tiveram os contratos assinados em Sinop.

A assinatura do Termo de Execução Cultural da Lei Paulo Gustavo representa avanço para o cenário cultural da cidade. De acordo com o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Gabriel Vasconcelos, expressa o contentamento com a execução da Lei.

“Agora, a gente está contemplando 36 projetos artísticos em diversos setores da nossa cidade. São artistas e produtores locais sendo contemplados, que vão investir esse dinheiro na nossa cidade, fomentando a economia local também”, disse ele.

Vasconcelos ainda acrescenta e alerta a população que fique atenta para o lançamento de mais projetos. “Ficamos muito felizes em poder já iniciar a Secretaria de Cultura fomentando esse tipo de projeto. A gente deve lançar ainda outro edital, com a Lei Aldir Blanc II, então você que é artista, fique atento aos editais”, comentou o gestor.

Adelmo Lima, um dos produtores que irá receber a quantia para a realização do seu projeto, ressalta a importância da sua produção, que graças a Lei, entrará em execução. “É um documentário sobre TDAH que irá passar nas escolas, alertando as mães sobre esse tipo de transtorno”, comentou ele.

O vice-Presidente do CTG Estância da Amizade, Moacir Toledo, explica que a Lei vai auxiliar trazendo a tradição para a cidade. “Trazer principalmente para um público jovem, trazendo eles para essa convivência familiar, valorizando todas as nossas raízes”, complementou Moacir.

De acordo com a site da Prefeitura, em julho de 2023, Sinop foi contemplado pela Ministério da Cultura após ter o Plano de Ação da Lei Paulo Gustavo aprovado, e que receberia cerca de R$ 1.232.499,07 para destinar ao setor da cultura, por meio de editais.

Entretanto, houve um atraso de mais de 4 meses para que o pagamento fosse feito. Os recursos da Lei Paulo Gustavo vêm do Fundo Nacional da Cultura para apoiar trabalhadores do setor. Esta categoria alegava que a Prefeitura tinha até o dia 31 de dezembro de 2023 para realizar os pagamentos, mas que o compromisso não havia sido cumprido.

Fonte: DA REPORTAGEM

Veja Mais

Delegado é alvo de operação após dirigir veículo apreendido até GO

Publicado em 22 de Maio de 2024 ás 15h 30min


Scheila se reúne com ministério para alinhar entrega da 6ª etapa do Nico

Publicado em 22 de Maio de 2024 ás 13h 36min


Algodão 24/25: fertilizantes e corretivos puxam recuo do custeio

Publicado em 22 de Maio de 2024 ás 12h 40min


Jornal Online

Edição nº1300 23/05/2024