Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Mato Grosso, 27 de Outubro de 2021

Noticias

Mercado doméstico do algodão tem ganhos expressivos em agosto

09 de Setembro de 2021 as 08h 00min

Fatores deram sustentação para que cotações acumulassem ganhos de 8,72% - Foto: Divulgação

Na média do polo industrial paulista, a indicação fechou o mês a R$ 5,43 por libra-peso, alcançando um novo recorde de alta. No FOB exportação do porto de Santos/SP, o produto brasileiro fechou cotado a 103,59 centavos de dólar por libra-peso (c/lb), alta de 8,52% quando comparado ao mês passado.

Ante ao contrato de maior liquidez (dezembro/21) negociado na Ice Futures US, a pluma brasileira encerrou cotada a um valor 12% superior. Há uma semana era 10% superior e, há um mês, o produto nacional era 7,5% mais alto.

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, esse alargamento do spread em relação a fibra norte-americana mostra que, apesar do avanço do beneficiamento, o mercado doméstico segue com escassez de produto. “O que obriga a indústria nacional a elevar suas ofertas para garantir o abastecimento”, explica.

No cenário internacional, destaque para a colheita de algodão na Argentina na temporada 2020/2021, que foi encerrada, informou o Ministério da Agroindústria do país em relatório do dia 2. Em igual período do ano passado, a colheita estava em 100%. Na semana anterior, o percentual era de 99,99%. A área para 2020/21 está projetada em 406,773 mil hectares, ante 444,41 mil hectares na temporada anterior.

Fonte: DA REPORTAGEM

Veja Mais

Um espaço para quem produz, num símbolo dos centros urbanos

Publicado em 27 de Outubro de 2021 ás 11h 00min


Milho: indicador segue em queda, mas dólar sustenta valor no porto

Publicado em 27 de Outubro de 2021 ás 10h 00min


Cuca prega Atlético-MG “de olhos bem abertos” diante do Fortaleza

Publicado em 27 de Outubro de 2021 ás 09h 30min


Jornal Online

Edição nº 0656 27/10/202