Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Mato Grosso, 08 de Dezembro de 2021

Noticias

Nova ponte de concreto tira região de Marcelândia do isolamento

Ponte tem uma extensão de 150 metros e foram investidos R$ 10,7 milhões na sua construção

25 de Novembro de 2021 as 06h 38min

Ponte facilita acesso à sede do município em direção a Analândia – Foto: Marcos Vergueiro

Este semestre foi marcado por importantes obras entregues em Marcelândia. Além da ciclovia – como citado na edição de ontem –, foi inaugurada pelo governador Mauro Mendes no mês de agosto a ponte de concreto sobre o Rio Manissau-Missu, conhecido como Rio Manito, na MT-423, construída para facilitar o acesso da sede do município em direção ao distrito de Analândia. A ponte tem 150 metros de extensão e foram investidos R$ 10,7 milhões na sua construção.

A entrega da ponte de concreto, de acordo com o governador, reduz – e muito – os problemas logísticos causados por uma estrutura de madeira – como a insegurança de transitar e até o isolamento que ocasionava quando a ponte quebrava – e é resultado de um compromisso feito por ele com o município desde 2018, quando esteve na cidade ainda na condição de candidato na eleição para governador.

“Os moradores de Marcelândia enfrentavam uma situação bastante difícil com as condições da antiga ponte de madeira. Hoje estamos entregando uma nova ponte de concreto, que vai melhorar para todos, não apenas os moradores, mas todos os que passam por essa região. É uma alegria podermos entregar obras como essa e ver a alegria e a satisfação da nossa população, melhorando a qualidade do ir e vir e a logística para todos viverem melhor em nosso Estado”, disse Mendes, à época.

Morador há 30 anos em Marcelândia, Arnaldo de Souza, reconhece a importância da entrega dessa ponte de concreto para o cidadão e a diferença que ela causa na vida de pessoas que, assim como ele, precisam da estrutura para o seu ir e vir e agora poderão fazê-lo com mais segurança.

“Não tem nem comparação. Acabou aquela pauleira de estarmos passando em cima e tremendo tudo. Acabou. O governo também falou que vai arrumar tudinho, tapar os buracos, fazer as emendas faltando para fazer na cabeceira das pontes. É o que estão fazendo. Cada vez mais o governo está ajudando os municípios. Se não ajudar, ninguém faz nada. Para mim, o governo está trabalhando bem, mexendo com o que deve mexer. São coisas boas”, disse.

Segundo o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a ponte é mais um dos investimentos que o Governo do Estado está fazendo em obras rodoviárias no município, de modo a atender o compromisso firmado com toda a região.

OUTRAS OBRAS

Além da ponte, estão em andamento obras de construção de outra ponte, sobre o Córrego dos Patos, na MT-320, e da pavimentação da Avenida dos Pioneiros, já no perímetro urbano. O governo também iniciou a obra de pavimentação e restauração de um total de 80 km da MT-320.

“Estamos em uma missão muito grande, que é levar bem-estar para toda essa região de Marcelândia. Sou grato de poder exercer esse cargo de secretário e, junto com o governador, senadores, deputados e prefeitos, trazer benefício a todos. Essa é a maior gratidão que um homem público pode receber: saber que aquilo que estamos fazendo está trazendo bem-estar e desenvolvimento para todos. Estamos fazendo história. Essa administração do governador Mauro Mendes vai ser lembrada por todos, pois é uma administração diferenciada”, disse o secretário.

Para o prefeito de Marcelândia, Celso Padovani, os investimentos realizados pelo Governo do Estado são reflexos da atual gestão do Governo do Estado, que tem um olhar diferenciado para os municípios, e está transformando a realidade de Marcelândia.

“É uma emoção muito grande para nós, pelo trabalho que tem sido prestado no nosso Estado, tanto pelo governador como pela equipe de secretários que esse governo tem. O governo está mostrando aonde está sendo investido o dinheiro do povo. É assim que se faz. É assim que tem que ser feito. Marcelândia vai ter uma mudança muito grande nesses próximos anos”, afirmou.

Fonte: DA REPORTAGEM

Veja Mais

Soja: preço interno oscila com certa força ao longo da última semana

Publicado em 08 de Dezembro de 2021 ás 11h 00min


Decreto exclui Casa da Moeda de programa de desestatização

Publicado em 08 de Dezembro de 2021 ás 10h 00min


O que o Grêmio precisa para não ser rebaixado

Tricolor tem que vencer o Atlético-MG e torcer por derrotas de Juventude e Bahia

Publicado em 08 de Dezembro de 2021 ás 09h 30min


Jornal Online

Edição nº 0684 08/12/2022