Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Mato Grosso, 28 de Fevereiro de 2024

Noticias

Saúde alerta para cuidados contra doenças durante a folia de carnaval em VG

12 de Fevereiro de 2024 as 08h 20min

Use presertivo para evitar contágio de DSTs – Foto: Divulgação

O Carnaval é uma celebração da sociedade que expressa alegria, encontros e, geralmente, atrai uma multidão para as comemorações nas ruas.

É também um período do ano em que os órgãos de saúde pública concentram esforços nas ações de promoção da saúde e prevenção de doenças, além de alertarem sobre possíveis riscos à saúde.

É fundamental ressaltar a importância de não negligenciar comportamentos que possam representar riscos à saúde individual e coletiva da população.

Infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), consequências adversas do consumo de álcool e drogas, acidentes de trânsito e, atualmente, a infecção pelo novo coronavírus e dengue que são alguns dos problemas em saúde a serem considerados neste período de carnaval.

Portanto, torna-se crucial intensificar os alertas de promoção da saúde e prevenção de doenças, conforme destaca o secretário municipal de Saúde de Várzea Grande, Gonçalo Aparecido de Barros.

“Não podemos ignorar o expressivo aumento no número de casos de Covid-19 e dengue após as festividades de fim de ano. Precisamos redobrar a atenção durante o feriado do Carnaval. Para tanto, é recomendável evitar grandes aglomerações, utilizar máscaras e higienizar as mãos corretamente, atitudes fundamentais para reduzir o risco de transmissão e infecção pelo coronavírus”, alertou.

Outro ponto de destaque são as doenças sexualmente transmissíveis. “O uso da camisinha externa ou interna em todas as relações sexuais é o método mais eficaz para proteção contra o HIV e outras ISTs. Reforçamos que camisinhas podem ser retiradas gratuitamente nas Unidades Básicas de Saúde. As ISTs são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos e transmitidas, principalmente, por meio de contato sexual com uma pessoa infectada. Atendimento, diagnóstico e tratamento estão disponíveis no SUS de forma gratuita”, enfatizou o superintendente da Atenção Primária à Saúde, Geovane Renfro.

Outra preocupação da saúde pública é a alimentação e a hidratação adequadas.

Recomenda-se adotar uma alimentação leve, usar roupas frescas, protetor solar e manter o consumo frequente de água, atitudes indispensáveis para desfrutar bem do feriado. Caso vá viajar para uma área de risco, é crucial verificar se a vacinação está em dia.

Fonte: DA REPORTAGEM

Veja Mais

Meio Ambiente e Ecofalante assinam Acordo de Cooperação Técnica

Publicado em 28 de Fevereiro de 2024 ás 16h 34min


Fluminense terá “artilheiro dos mata-matas” de volta contra LDU

Publicado em 28 de Fevereiro de 2024 ás 13h 37min


Ministério da Fazenda publica regras para empresas de auditoria de apostas

Publicado em 28 de Fevereiro de 2024 ás 11h 19min


Jornal Online

Edição nº1242 29/02/2024